19 de Março de 2019, atualizado ás 12:03

Tiroteio na Holanda ainda tem polícia em busca do suspeito



Por: Raquel Luciano | Notícias

Compartilhar:
         

Confira Também: Carnaval de 2020 já tem datas programadas

Na manhã dessa segunda-feira, na cidade de Utrecht – Holand, um homem realizou disparos em um bonde. Puderam ser contabilizados 3 mortos e ainda 9 feridos. Ainda não se sabe a motivação do ataque, mas a polícia acredita ter algum tipo de motivação terrorista. O suspeito ainda não foi localizado.

O ataque aconteceu por volta das 10h45 local, em uma estação de bondes que fica localizada no centro de Utrecht. Dos 9 feridos, 3 estão em estado grave, de acordo com o que foi informado pelo prefeito da cidade, Jan van Zanen.

Tiroteio na Holanda ainda tem polícia em busca do suspeito (foto: internet)

Polícia procura suspeito

O tiroteio que deixou a Holanda em estado de alerta, ainda apresenta a polícia em busca do suspeito. Já está sendo realizada uma grande operação, onde os policiais cercaram os prédios ao redor, bem como o prédio em que o veículo que o criminoso usou para fugir deixou.

A polícia acredita que o suspeito do tiroteio seja um homem de 37 anos, chamado Gökman Tanis, turco. Quem o conhecer ou souber alguma informação sobre o homem tem a recomendação da polícia de ligar e não se aproximar do suspeito.

Em imagens capturadas por câmeras de segurança de um dos bondes, apresentam o suspeito utilizando um casaco azul. O horário em que a imagem foi capturada foi 10h41, demonstrando que isto foi 4 minutos antes de começarem os tiros.

Ainda não se sabe se há outros envolvidos no crime, mas de acordo com autoridades relacionadas à segurança e contraterrorismo, foram relatados e registrados diversos tiroteios em outras localizações da cidade. Por isso, tem se acreditado na possibilidade de ser um ataque terrorista.

Como ainda não é possível deixar clara a motivação, as autoridades estão focando e com a prioridade máxima em conseguir localizar o suspeito. Depois do tiroteio, boa parte da cidade fechou as suas portas em sinal de alerta máximo.

A 40 km de Amsterdã, capital da Holanda, a cidade que sofreu o ataque, Utrecht, permanece em alerta para evitar que hajam novos ataques. Principais alvos já foram esvaziados e polícias de cidades também apresentam segurança reforçada.




Raquel Luciano

Raquel é jornalista com mais de 5 anos de experiência. Atualmente é editor chefe do Estado News. Ela pode ser contatada através do e-mail: rachell.luciano@gmail.com

     

0 Comentários