Reabertura: Prefeitura de São Paulo interdita bares



A Prefeitura de São Paulo realizou a fiscalização na última sexta-feira. As interdições eram previstas, em caso de descumprimento das medidas sanitárias.
Anderson Gomes - 13 de Julho de 2020 às 01:19:18

A reabertura de estabelecimentos comerciais, como bares e restaurantes, foi autorizada pela Prefeitura de São Paulo, com início das atividades realizado em 06 de julho. Entretanto, protocolos sanitários foram estabelecidos para evitar a disseminação da COVID-19, o que condiciona a manutenção do funcionamento do local.

No entanto, após realização de uma ação fiscalizadora, por parte da prefeitura, dezesseis bares foram interditados, na última sexta-feira (10), em decorrência justamente do descumprimento das medidas. Conforme previsto na regulação, a interdição imediata deve ser aplicada para esta inadimplência.


RELACIONADAS



Dos 16 estabelecimentos que foram fechados, 11 estavam localizados em Aricanduva, 01 em São Miguel Paulista, mais 01 na Mooca e outros 03 em Itaquera.

Mas o trabalho da Prefeitura de São Paulo não parou por aí, neste sábado (11), foram realizadas mais 91 interdições de bares, justificadas pelo mesmo motivo.

Mais detalhes sobre a interdição de bares em São Paulo

Reabertura: Prefeitura de São Paulo interdita bares – Foto: Agência Brasil

Antes de conferir mais detalhes sobre o assunto, recomendamos que acesse a guia de notícias e clique no botão azul Criar alerta. Assim você ficará informado sobre todas as notícias de São Paulo e outras cidades do Brasil. Mas, depois não esqueça de voltar aqui para conferir mais informações a interdição dos bares.

Dentre as medidas que devem ser adotadas pelos bares estão: trabalhar com menos de metade da ocupação (até 40%) e concluir o encerramento das atividade às 17h.

Inclusive, a prefeitura tem intensificado a fiscalização nos bares, principalmente neste final de semana, para garantir que os riscos de aglomerações estão sendo minimizados.

Entretanto, considerando a extensão da metrópole e a grande quantidade destes estabelecimentos, a Prefeitura de São Paulo tem realizado esta ação em parceria com Guarda Civil Metropolitana -GC, Companhia de Engenharia de Tráfego -CET e Polícia Militar -PM.

Por fim, é importante lembrar que cada estabelecimento inadimplente está sujeito ao pagamento de multa no valor de R$ 9.380,00. Além disso, em caso de reincidência, o estabelecimento poderá ter o alvará de funcionamento ou TPU / Autorização Temporária cassado.

Reabertura: Prefeitura de São Paulo interdita bares

VEJA TAMBÉM



Postado por: Anderson Gomes
Professor de Física que gosta de uma boa música, games e, acima de tudo, estar com a família.