Ministro da Economia chega ao Senado



Daniel Libanio - 27 de Março de 2019 às 21:26:30

Ministro da Economia chega ao Senado (foto: internet)

Confira Também: Mulher de Fernanda Gentil prestigia estreia da apresentadora no teatro

Ao se recusar ir até a Câmara dos Deputados para tratar sobre a reforma da Previdência, Paulo Guedes, atual ministro da Economia, foi hoje ao Senado passando por um esquema de segurança montado especialmente para essa quarta-feira. Com os corredores que vão em direção a Comissão de Assuntos Econômicos totalmente esvaziados a pedido dele.


RELACIONADAS



De acordo com os seguranças do Senado, foi o ministro que havia pedido para que não houvessem servidores e nem jornalistas nos corredores no momento em que ele chegasse. Atendendo aos pedidos de Guedes, a circulação de pessoas foi proibida, até mesmo as credenciadas assim que ele chegou.

Ministro da Economia chega ao Senado (foto: internet)

Segurança máxima no Senado

Os jornalistas credenciados costumam poder circular livremente nos corredores durante as comissões do Senado, onde é o local em que o ministro Paulo Guedes foi comparecer. Com a segurança do Senado sendo informada que o ministro solicitou o local livre por uma questão de segurança, os pedidos foram atendidos.

Depois de toda uma confusão, o Ministério da Economia ainda emitiu uma nota em que lamentou o que aconteceu entre os jornalistas e a segurança legislativa. Com essa proibição do acesso, ainda na nota divulgada, foi dito que não foi Guedes o responsável por pedir a retirada dos jornalistas e assessores.

De acordo com o texto, não houve a solicitação que alguma pessoa fosse retirada dos corredores por conta da presença de Guedes e ainda pediu desculpa caso tenha sido um transtorno a algum presente.

Na terça-feira ainda houve uma reunião na Câmara onde Guedes não participou, com medo de ser alvo dos ataques feitos pelos deputados, já que o ministro é um fiador da reforma da Previdência.

Outro ponto, é que no final de semana, Rodrigo Maia, o presidente da Câmara, acabou trocando alfinetadas com o presidente Jair Bolsonaro, tudo sobre as polêmicas em torno da reforma da Previdência.

Com tanta crise dentro do governo, a discussão sobre a reforma da Previdência tem se tornado cada vez mais polêmica, trazendo episódios em que os principais responsáveis por sua aprovação não entrem em consenso sobre outras medidas.

VEJA TAMBÉM



Postado por: Daniel Libanio
Daniel é empresário e empreendedor digital nato. Graduando em Direito, é o Fundador do site e gerencia as as estratégias de marketing e desenvolvimento. Contato: daniellibanio0904@gmail.com