Marvel removeu o logotipo Black Lives Matter de Miles Morales: Homem-Aranha

A Marvel Comics foi criticada por apagar o logotipo Black Lives Matter (BLM) da capa de um gibi de 2019 estrelado por Miles Morales . Na prévia original, um símbolo de punho BLM pode ser visto em um dos semáforos, no entanto, na versão final, o semáforo está completamente apagado.

Miles Morales é um adolescente afro-latino que se tornou o Homem-Aranha em 2011 e estrelou o  Homem-Aranha: No Aranhaverso, ele foi um dos personagens mais relevantes socialmente que a Marvel já concebeu.

Morales tem sido importante para a representação, mostrando a toda uma geração de crianças que o Homem-Aranha pode se parecer com eles. Um manifestante até apareceu em um protesto na Ponte do Brooklyn por Black Lives Matter vestindo a icônica fantasia de Homem-Aranha de Miles.

Capa do homem aranha antes e depois da edição
Capa do Homem-Aranha antes e depois da edição

Apesar da capa ter saído há mais de um ano, alguns usuários do Twitter notaram que a história em quadrinhos lançada não apresentava o logotipo do BLM que foi inicialmente visualizado nas prévias do lançamento. 

Na arte da capa original de Miles Morales: Homem-Aranha (9ª edição), feita pelo artista Patrick O’Keefe, Miles pode ser visto balançando em um poste de luz em Nova York, que está marcado com seu nome. Na primeira olhada na capa, o semáforo apresentava o símbolo BLM. No entanto, quando o gibi chegou às lojas de quadrinhos em 14 de agosto de 2019, a luz da rua estava completamente apagada.

Resposta da Marvel

Marvel removeu o logotipo Black Lives Matter de Miles Morales: Homem-Aranha
Marvel removeu o logotipo Black Lives Matter de Miles Morales: Homem-Aranha

Por que isso foi removido? O site Screen Rant entrou em contato com Patrick O’Keefe para saber se ele foi solicitado a remover o logotipo, mas não obteve resposta até o momento desta publicação. 

Uma fonte da Marvel informou que a editora regularmente evita usar logotipos de terceiros em seus livros para evitar preocupações com direitos autorais.

Quando Miles Morales: Spider-Man # 9 estreou em 2019, a Marvel ainda não havia anunciado seu apoio ao movimento. Eles, junto com a marca Star Wars , fizeram isso em junho de 2020 durante os protestos de George Floyd .

A fonte ainda afirma que “não há dúvida de que a capa é uma obra de arte fantástica. No entanto, remover o símbolo BLM remove uma quantidade considerável de significado”, e continua: 

“Ter o logotipo ali no lugar de uma luz de rua em branco faz uma diferença significativa na eficácia e impacto da peça. Também envia uma mensagem política importante sobre o BLM de que, mesmo em um mundo cheio de super-heróis, ainda existem questões de racismo sistêmico”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política