10 de Maio de 2019, atualizado ás 21:05

Mandado de prisão contra Michel Temer e Coronel Lima



Por: Daniel Libanio | Notícias

Compartilhar:
         

Hoje a tarde já foi expedida um mandado de prisão por uma juíza contra o ex-presidente Michel Temer e também Coronel Lima. Os dois devem se apresentar até as 17 horas, na Polícia Federal de São Paulo.

Juíza Caroline Figueiredo foi a responsável por essa determinação e o pedido é que os dois fiquem presos na capital de São Paulo para que possam ser analisados pela 1ª Turma Especializada do TRF-2.

Confira Também: Quase R$ 900 mil apreendidos em operação em SP

Mandado de prisão contra Michel Temer e Coronel Lima (foto: internet)

Novo mandado de prisão a Temer

O mandado de prisão para o ex-presidente Michel Temer saiu no início da tarde dessa quinta-feira pela juíza Caroline Figueiredo. A decisão também foi tomada considerando Coronel Lima, que supostamente é o operador do esquema de corrupção que foi descoberto por desviar R$ 1,8 bilhão das obras feitas em Angra 3.

A juíza que está sendo a responsável nesse momento ao substituir o antigo responsável juiz Marcelo Bretas, deixou autorizado que Temer e Lima possam se apresentar na sede da Polícia Federal até as 17 horas, em São Paulo.

Como cassou o habeas corpus dos dois ontem mesmo, a decisão de manter Temer e Lima em São Paulo foi transferida para o TRF-2, pois foi o que foi solicitado pela defesa de ambos. Defesa de Temer solicitou que Temer não saia de São Paulo, pois a família toda mora na cidade.

O TRF-2 foi o responsável por derrubar o habeas corpus que havia sido concedido liminarmente, deixando Temer em liberdade até então. Para Temer, a decisão é equivocada sob o foco jurídico.

Já para a procuradora do caso, a decisão é a representação da justiça de acordo com as provas que foram apresentadas pelo Ministério Público. Com os dois membros e focos do processo sendo presos, acredita-se que o processo possa andar mais rápido.

A acusação de Temer e de Lima foi direcionada para lavagem de dinheiro, corrupção, peculato e também organização criminosa. Ainda não foram apresentados para serem presos, mas tem prazo até as 17 horas para que façam isso. Decisão ainda não sabe se ambos ficam em São Paulo ou retornam ao Rio de Janeiro.




Daniel Libanio

Daniel é empresário e empreendedor digital nato. Graduando em Direito, é o Fundador do site e gerencia as as estratégias de marketing e desenvolvimento. Contato: daniellibanio0904@gmail.com

  

0 Comentários