Covid-19: Cientistas revelam que certas máscaras podem ser mais perigosas do que usar nenhuma



As máscaras não limitam a disseminação do COVID-19 da mesma forma, descobriu um novo estudo, com algumas sendo classificadas como piores do que usar nenhuma máscara.
Anderson Gomes - 11 de Agosto de 2020 às 21:05:26

As máscaras não limitam a disseminação do COVID-19 da mesma forma, descobriu um novo estudo, com algumas sendo classificadas como piores do que usar nenhuma máscara.

Os pesquisadores da Duke University – Carolina do Norte, Estados Unidos – foram os responsáveis pelo estudo, que inclusive foi publicado na revista científica Science Advances.


RELACIONADAS



Eles não consideram seu relatório a palavra final sobre a eficácia das máscaras que examinaram, mas sim o início de uma conversa que pode ajudar as pessoas a fazerem sábios escolhas.

certas máscaras podem ser mais perigosas do que usar nenhuma

Os pesquisadores testaram 14 máscaras, incluindo uma máscara N95 que foi ajustada profissionalmente ao usuário. Essas são as máscaras de alto nível usadas por profissionais de saúde e socorristas.

A equipe Duke teve uma palestra sem usar máscara, e novamente com máscara. Cada máscara foi testada 10 vezes.

Sobre o experimento

Um auxílio visual que mostra como o feixe de laser e a lâmina de luz funcionam para capturar as gotas respiratórias.

No estudo publicado na sexta-feira, pesquisadores do departamento de física de Duke demonstraram o uso de um método simples que usa um feixe de laser e telefone celular para avaliar a eficiência das máscaras estudando a transmissão de gotículas respiratórias durante a fala normal.

“Usamos uma caixa preta, um laser e uma câmera”, disse Martin Fischer, um dos autores do estudo. “O feixe de laser é expandido verticalmente para formar uma fina folha de luz, que brilha através das fendas à esquerda e à direita da caixa.”

Na frente da caixa há um orifício onde um alto-falante pode falar. Uma câmera de celular é colocada na parte de trás da caixa para registrar a luz que é espalhada em todas as direções pelas gotículas respiratórias que cortam o feixe de laser quando falam. Um algoritmo simples de computador então conta as gotas vistas no vídeo.

Covid-19 – Quais máscaras foram melhores?

Estudo mostra que nem todas as máscaras são eficazes contra a COVID-19

Os pesquisadores testaram 14 máscaras comumente disponíveis, incluindo uma máscara N95 ajustada profissionalmente, geralmente reservada para profissionais de saúde. 

Primeiramente, o teste foi realizado com um locutor falando sem usar máscara. Em seguida, eles fizeram isso de novo, enquanto um orador estava usando uma máscara. Cada máscara foi testada 10 vezes.

A máscara mais eficaz foi a N95 ajustada. Máscaras cirúrgicas de três camadas e máscaras de algodão, que muitas pessoas têm feito em casa, também tiveram um bom desempenho.

Melhores e piores máscaras para usar

As chamadas de máscaras de polaina, frequentemente usadas por corredores, foram as menos eficazes. Na verdade, o uso de uma máscara de lã resultou em um número maior de gotas respiratórias porque o material parecia quebrar gotas maiores em partículas menores que são mais facilmente transportadas pelo ar.

Bandanas dobradas e máscaras de malha também tinham um desempenho ruim e não ofereciam muita proteção.

VEJA TAMBÉM



Postado por: Anderson Gomes
Professor de Física que gosta de uma boa música, games e, acima de tudo, estar com a família.