Auxílio Emergencial: Atraso Muda Pagamento Para Abril

O novo Auxílio Emergencial está em fase de promulgação mas deverá ser pago somente a partir de abril, com um valor médio de R$ 250. As regras com as condições para receber o benefício serão publicadas na próxima semana.

Clique aqui para receber mais notícias como esta em seu dispositivo

O Congresso previa que o auxílio fosse liberado a partir de março, com duração de quatro meses. Porém, o atraso na votação da PEC e questões burocráticas adiaram os repasses em um mês.

Entretanto, mesmo o governo estuda iniciar o pagamento dos beneficiários do Bolsa Família ainda este mês, a tendência é que os repasses iniciem em abril.

Isso porque o calendário do Bolsa Família já tem pagamento agendado para próxima quinta-feira (18) e não haveria tempo hábil para incluir o auxílio. A informação foi confirmada por integrantes dos Ministérios da Cidadania e da Economia.

Auxílio Emergencial: Sobre As Parcelas

As parcelas serão variáveis e vai depender da composição de cada família. A última versão da MP previa valor padrão de R$ 250 por quatro meses.

  • Mulheres chefes de família devem receber R$ 375,
  • Pessoas que vivem sozinhas deve ficar em R$ 150 — o ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a mencionar o valor de R$ 175 para esses beneficiários.

No ano passado, o governo pagou cinco parcelas de R$ 600, acrescentadas de mais outras quatro de R$ 300. O pagamento fez disparar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro.

O limite estabelecido pela PEC para o pagamento da assistência em 2021 é de R$ 44 bilhões, que ficarão fora do teto de gastos, regra que limita o crescimento das despesas do governo à variação da inflação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política