20 de Maio de 2019, atualizado ás 20:05

Atingidos por Brumadinho podem perder Bolsa Família



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

Atingidos por Brumadinho podem perder Bolsa Família (foto: internet)

Aqueles que são beneficiários de Bolsa Família e que acabaram sendo atingidos pelo desastre que aconteceu em Brumadinho, podem acabar ficando sem o auxílio que oferece uma quantia de dinheiro.

Conforme o Ministério acabou divulgando para a Prefeitura, parece que as famílias podem acabar saindo da renda que é contemplada por conta do pagamento emergencial que é enviado pela Vale.

Confira Também: Acidente no Rio de Janeiro

Atingidos por Brumadinho podem perder Bolsa Família (foto: internet)

Medida ainda não tem data firmada

Depois do desastre de Brumadinho causado pela Vale, algumas famílias que recebiam Bolsa Família podem ficar sem ver o valor nos próximos meses. Esta informação veio através do Ministério da Cidadania.

O argumento repassado pelo governo é que ao receber um pagamento emergencial enviado pela Vale, as famílias iriam sair da faixa de renda em que são contemplados os beneficiários da Bolsa Família. O valor a ser enviado pela Vale são de R$ 250 até R$ 1 mil.

Caso o valor que for enviado para a família for maior que meio salário mínimo em cada mês, a família vai precisar solicitar o desligamento do BF. O desligamento é voluntário e faz com que a família possa retornar a receber o benefício depois que acabar o pagamento por parte da Vale.

São cerca de 1600 famílias que vão acabar ficando sem o Bolsa Família caso realmente seja cortado o benefício. Prefeito de Brumadinho estaria tentando falar com os deputados federais e os senadores mineiros para que possam fazer com que essa recomendação não vá para frente, recorrendo até em falar com o Ministério.

Conforme o Ministério, o Bolsa Família é apenas para as famílias que são extremamente pobres. O auxílio para as 1554 pessoas que moram em Brumadinho e que fazem parte do programa é de R$ 181,69.

Já foram 240 mortos identificados, mas ainda são 30 pessoas permanecem desaparecidas. Moradores de Brumadinho ou que morava próximo conseguirão receber por um ano o auxílio emergencial.

Pagamento vai ser de um salário mínimo por adulto e meio salário por adolescente e ainda um quarto de salário para cada criança. Ainda não se sabe quando que a medida vai começar a valer.




Daniel Libanio

Daniel é empresário e empreendedor digital nato. Graduando em Direito, é o Fundador do site e gerencia as as estratégias de marketing e desenvolvimento. Contato: daniellibanio0904@gmail.com

  

0 Comentários