Adolescente João Pedro é morto em operação policial no Rio de Janeiro



O adolescente João Pedro Mattos, de apenas 14 anos, morreu ontem durante uma operação da Polícia Civil e da Polícia Federal no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro.
Maricelma Maiara - 19 de Maio de 2020 às 19:26:51

O adolescente João Pedro Mattos, de apenas 14 anos, morreu ontem durante uma operação da Polícia Civil e da Polícia Federal no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro.

João Pedro foi baleado durante uma operação policial no Complexo do Salgueiro. Ele foi levado por um helicóptero e a família só conseguiu localizá-lo na manhã do dia seguinte. 


RELACIONADAS



A morte do adolescente causou comoção, repercutindo entre autoridades e famosos que por meio de suas redes sociais nesta terça-feira (19). Confira essa e outras matérias aqui no Estado News.

Família e famosos se pronunciaram sobre a morte de adolescente

Adolescente João Pedro é morto em operação policial no Rio de Janeiro

“O Estado Brasileiro mata. Diariamente. Aos montes. Até tudo virar “apenas” número. Gente não é número. Gente tem nome, tem vida, tem história. Hoje foi o João Pedro. João Pedro não é um número”, publicou a atriz Thaís Araújo.

“Senhor governador, a sua polícia não matou só um jovem de 14 anos com um sonho e projetos, a sua polícia matou uma família completa, matou um pai, matou uma mãe, matou uma mãe e o João Pedro. Foi isso que a sua polícia fez com a minha vida”, disse Neilton Pinto, pai do menino joão.

“O isolamento social recomendado para a população durante essa pandemia não é obstáculo para o projeto genocida do Estado contra a população negra ! Mais um jovem negro vítima de uma operação policial! Meus pêsames a toda família de João Pedro”. Disse Mc Rebecca  

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo instaurou inquérito para apurar a morte do adolescente e informou que “foi realizada perícia no local e duas testemunhas prestaram depoimento na delegacia”.

Por fim, nas redes sociais, a cobrança é de que o caso seja tratado como mais um assassinato, já que o adolescente foi baleado dentro da própria casa, enquanto brincava com os primos.

VEJA TAMBÉM



Postado por: Maricelma Maiara
Sou fã da MCU, adoro ler e ouvir música.